A nossa terra é feita de terras férteis, vales e linhas de água que correm para o mar!  

A Associação Evoluir Oeiras iniciou no domingo, 16 de Abril 2023, a Semana da Terra (o Dia Mundial da Terra assinala-se a 22 de abril), com um passeio em torno do Rio Jamor e da ligação ao Mar.

Com início no santuário de Nossa Senhora da Rocha, fomos primeiro Rio acima até à Quinta da Gandarela, em Carnaxide, para depois voltar para trás e fazer o caminho até à Foz, na Cruz Quebrada.  

Ao longo do percurso, em parte pela estrada, devido aos passadiços do Eixo Verde e Azul ainda não terem sido repostos após as cheias de dezembro de 2022, fizemos várias paragens para falar sobre território, património arqueológico, nomeadamente sobre o Povoado pré-histórico de Carnaxide, histórico, ambiental e cultural.  

A Actividade do Rio ao Mar inseriu-se nas comemorações do Dia Mundial da Terra, “O Oceano é a nossa Terra”, uma iniciativa promovida pela Oceano Azul Foundation.  

Também recolhemos beatas, numa parceria com o projeto The Trash Traveler.  

Convidamos quem ainda não participou nas atividades da Associação Evoluir Oeiras a estar atento/a e participar. Divulgaremos em breve o próximo passeio. Não perca!  

A Evoluir Oeiras é um movimento de cidadãos de Oeiras, mobilizado por um novo modelo de desenvolvimento para o concelho, em que a prosperidade económica acontece a par do desenvolvimento social e humano, fundado em valores de regeneração do ambiente, de cidadania e de transparência. Por uma Oeiras Mais verde, democrática, participativa e socialmente inclusiva.

É preciso #EvoluirOeiras

💪A associação Evoluir Oeiras voltou a submeter uma participação pública sobre o empreendimento AQUATERRA no Alto da Montanha, Carnaxide, no âmbito da consulta levada a cabo pela CCDR-LVT no contexto da Avaliação Ambiental.

🤷 É chocante que seja sequer possível propor-se um empreendimento com este nível de impacte numa área sensível, implicando com o sistema hidrológico da bacia da Ribeira de Algés, numa área crítica para a retenção e infiltração de águas.

👀Da mesma forma, é surpreendente que seja sequer equacionado implementar campos de jogos sobre troços do Aqueduto das Francesas, património de relevante interesse cultural e sob regime de proteção, entre um conjunto de ações que são alvo de impactes referenciados em todo o processo.

🛻🛻🛻 Para o funcionamento viário resultado do aumento expectável da circulação automóvel de um equipamento desarticulado da rede de transportes públicos, a dimensão das infraestruturas necessárias impressiona, ocupando com impacte áreas de Reserva Ecológica.

😢 Em suma, é a oportunidade final que se perde de tentar ligar Monsanto à Serra de Carnaxide, colmatando a última ligação ainda possível, graças à desadequação do PDM de Oeiras, assente num modelo de betonização e com a permissão das entidades licenciadoras.

💥Esta fase de Avaliação Ambiental acaba por significar um processo de tentativa de minimizar alguns dos impactes, situação que não foi atingida conforme expusemos na nossa participação.

✍️ Vamos continuar interventivos neste processo.

É preciso #EvoluirOeiras