Vivemos num paradigma de desenvolvimento baseado na exploração insustentável de recursos naturais e humanos, na competição e no individualismo. Tudo isto gera profundas desigualdades. Quando se valoriza a beleza, o sucesso, a fama, a juventude, ou os “portugueses de bem” estamos com
ler mais »